Author: Gisele Craveiro

Cuidando do Meu Bairro recebe primeiro lugar do Prêmio Febrafite 2016

img_1937

Profa. Dra. Gisele Craveiro recebendo o Premio Nacional de Educação Fiscal 2016

O projeto Cuidando do Meu Bairro recebeu mais um reconhecimento importante, dessa vez vindo da comunidade que atua na área de educação fiscal. Ele representou a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP e foi  grande vencedor do Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2016 promovido pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (ESAF).

img-20161109-wa0030

Cuidando do Meu Bairro é uma plataforma que apresenta os dados dos gastos públicos da São Paulo no mapa da cidade usando um código de cores com seu status (planejado, empenhado e liquidado) em tempo real. Além disso, a nova versão da plataforma está integrada ao E-Sic da Prefeitura de São Paulo, o que possibilita que qualquer dúvida sobre determinado gasto possa gerar um pedido de informação via Lei de Acesso à Informação (LAI). Tanto a pergunta como a resposta tornam-se públicas no site do Cuidando, o que potencializa o controle social do gasto público.

Esse prêmio vem coroar o esforço e dedicação de alunos, pesquisadores, docentes dos cursos de Sistemas de Informação e de Gestão de Políticas Públicas, além de vários voluntários, interessados e apoiadores das áreas acadêmica, terceiro setor e governamental. Além de incentivar a continuidade do projeto, também nos lança a novos desafios e parcerias, como as oficinas e outras ações a serem realizadas em conjunto com Observatório Social do Brasil – São Paulo ao longo de 2017.

Agradecemos os apoios da World Wide Web Foundation e do International Development Research Centre no Programa Open Data in Developing Countries; também da Fundação Avina e a Iniciativa Latinoamericana por los Datos Abiertos, dentro do projeto Open Data for Development; além da cooperação da Open Knowledge Brasil e do Observatório Social do Brasil – São Paulo.

Trabalho do Co:Lab USP é premiado na conferência internacional ICEGOV 2016

De 29 de fevereiro a 3 de março aconteceu em Montevideu a conferência internacional ICEGOV (International Conference on Theory and Practice of Electronic Governance) que busca discutir como o uso da tecnologia para transforma o trabalho do governo e suas relações com os cidadãos, as empresas e outros intervenientes não estatais, a fim de melhorar a governança pública e a sua contribuição para as políticas públicas e desenvolvimento. É coordenada pela United Nations University Operating Unit on Policy-Driven Electronic Governance (UNU-EGOV).

Em sua nona edição teve como tema Governança Transparente e Accountable para a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável. Vários discursos e apresentações foram no sentido de discutir o conceito de Sociedade do Conhecimento e como ela poderá alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. No discurso de Getachew Engida, representante da UNESCO, colocou que o conhecimento não empodera por si só e é fundamental  o papel da educação, da mídia livre e do respeito aos direitos humanos na promoção de ecosistemas. Também ressaltou que a Sociedade do Conhecimento só será sustentável se houver a diversidade, inclusão e participação, chamando a atenção sobre a desigualdade de gênero entre outros pontos.

Destacamos também que o trabalho “The Use of Open Government Data to Citizen Empowerment – The Case of Caring for My Neighborhood” dos pesquisadores do Co:Lab-USP foi premiado como o melhor poster apresentado na conferência. Nele são apresentadas as reflexões e as cadeias de impacto observadas junto a movimentos sociais, organizações da sociedade civil, mídia e governo dentro do contexto do Projeto “Cuidando do Meu Bairro“. O poster pode ser conferido: CaringformyNeighborhood

Premio de melhor poster do ICEGOV2016

Premio de melhor poster do ICEGOV2016

CoLab contribui com diretrizes para novo Portal de Transparência de São Paulo

Um dos frutos da cooperação entre  a Controladoria Geral do Município de São Paulo (CGM-SP) e o Colaboratório de Desenvolvimento e Participação da USP  (Co:Lab-USP) foi apresentado no dia 4 de março  dentro do Café Hacker [1] sobre a reestruturação do portal de transparência da Cidade de São Paulo.  Um documento elaborado por Marcelo Tavares e Gisele Craveiro apresenta uma proposta de diretrizes para as tecnologias do novo Portal de Transparência de São Paulo.

No estudo foram considerados instrumentos internacionais como o Open Budget Index e o The Web Index, como busca de requisitos que ampliassem a área de convergência entre tecnologia, pró-atividade e compreensão dos dados, respectivamente, transparência eletrônica, ativa e efetiva.
O estudo está em consulta pública [2] no site do Café Hacker da Prefeitura de São Paulo, onde se pode opinar sobre os diversos pontos apresentados. Contribua com críticas e sugestões ao documento de diretrizes disponível
nesse link.

 

Apresentação das diretrizes do Colab-USP

Apresentação das diretrizes do Colab-USP

 

Participação no 12o KM Brasil

Nos dias 17 a 19 de setembro ocorreu o 12. Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento (KM Brasil 2014) na cidade de Florianópolis-SC. O Colab-USP esteve representado pela Profa. Dra. Gisele da Silva Craveiro que apresentou palestras e participou de seus debates da mesas “Inovação – Dados Abertos e o Governo Aberto” e também “Práticas inovadoras em Gestão do Conhecimento na Administração Pública “.

Na primeira mesa teve oportunidade de debater os conceitos de Governo Aberto e Dados Abertos e de discutir a iniciativa internacional Parceria por Governo Aberto (Open Government Partnership), apresentação disponível aqui :

 

Na segunda mesa apresentou alguns detalhes do processo participativo de abertura de dados e alguns resultados obtidos na parceria entre o Colab-USP e a Controladoria Geral do Município de São Paulo, os slides dessa apresentação podem ser obtidos aqui.